Editorial 2016

capaperfilDesde sua criação em fevereiro de 2015, o Amenidades.blog tem repercutido os principais acontecimentos da política nacional: as greves da educação e do serviço público, o massacre do Centro Cívico em Curitiba, a tragédia na mineradora Samarco em Mariana-MG, as manifestações pró e contra o impeachment, as ocupações das escolas públicas em São Paulo, entre muitos outros. Neste novo ano que se inicia, continuaremos escrevendo, publicando e republicando opiniões que, por serem críticas à dicotomia estabelecida entre PT e PSDB (basicamente contra e pró o impeachment de Dilma Rousseff), são sistematicamente marginalizadas e silenciadas pela grande imprensa, dentro e fora da internet.

Combater esta dicotomia representa, para nós, combater a ideia hegemônica que se esconde por detrás dela, que valoriza o poder e o lucro em prejuízo da vida e da solidariedade, que se materializa na precarização das relações de trabalho, no sucateamento dos serviços públicos (saúde, educação, transportes, etc). Além disso, ocupa espaço de pautas que consideramos mais urgentes para nosso país: a perpetuação de opressões de gênero, raça e orientação sexual; a criminalização de manifestações políticas e movimentos sociais; o retrocesso em legislações ambientais; a impunidade de crimes econômicos e ambientais; a inexpressividade da reforma agrária e urbana; o pagamento de uma dívida pública não auditada; o estabelecimento de taxas de juros estratosféricas; entre diversas outras perversidades decorrentes das políticas de governo e do sistema social vigentes neste início de século.

Não estamos sós nessa jornada. Diariamente acompanhamos, nas ruas e nas redes sociais, discursos que contestam tal estado de coisas, mas devido à falta de espaço nos grandes meios de comunicação – mobilizados para manter a ilusão de que a política se restringe à disputa entre partidos –, raramente ganham força na proporção do descontentamento das pessoas. Por conta disso, queremos que o Amenidades.blog seja mais do que apenas uma voz dissonante, mas um espaço para debater essas e outras pautas, para pensar novos horizontes para o Brasil. Queremos ser um megafone aberto a todos aqueles que, como nós, denunciam a falsa dicotomia que tentam nos impor. Aberto a todos os que tentam agarrar a história com suas próprias mãos para desviar da distopia reinante, agregando propostas, ideias e valores que ajudem a construir a utopia de um país mais justo e solidário. Um megafone que resgate do limbo do Facebook a diversidade das opiniões divergentes e que as registre nos anais da rede mundial de computadores. Queremos você ao nosso lado nesta trincheira virtual, porque enquanto o mundo gira (uma vez mais ao redor do sol, ao término desse ano de 2016), a imprensa continua a debater amenidades.

Luiz Belmiro Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *