O imbróglio Serraglio

*Por André Aroeira

Quando Temer nomeou o Serraglio pro MJ, a info era de que se tratava de uma indicação da bancada ruralista e um consenso do baixo clero do PMDB na Câmara, provavelmente pra atacar a FUNAI – Serraglio é o relator da PEC 215 que paralisa demarcação de terras indígenas. Parecia que Temer nem se preocupava muito com o alcance da lava jato naquele momento, ia tudo bem, Teori morto, o cabeça de piroca indo pro STF. Então que se dane, deixa esse bosta (palavras do Aécio) desse Serraglio no MJ matando índio e todo mundo fica feliz, era o que o presidente parecia pensar. Ninguém de fora percebeu que o Loures, assessor especial de Temer, era suplente de Serraglio e se tornava deputado, ganhando foro privilegiado – na verdade, ninguém nunca tinha ouvido falar do tal do Loures…
Aí veio o furacão Joesley, Loures é pego levando 500 mil reais e pô, graças a deus ele tem foro privilegiado. Mas a lava jato cruzou algum limite. Aécio esculacha o Serraglio e sua incompetência em não distribuir os processos da lava jato a delegados “amigos” enquanto mata seus índios, e Temer parece compartilhar da opinião. Vem um novo ministro pra estancar a sangria, cai o ruralista paranaense. Pra manter o Loures como deputado e, mais importante, com foro privilegiado e longe do Moro, Temer precisa dar outro ministério pro Serraglio – oferece a CGU.
Mas agora o Serraglio tá puto. PUTAÇO. Primeira vez que era alguma coisa na vida além de um coronel pistoleiro do baixo clero que ninguém liga. Volta a ser um mero lobista de carne podre, com um ministério qualquer que ganhou pelos motivos mais esdrúxulos, humilhado pelo Aécio em cadeia nacional, derrubado por excesso de incompetência.
Serraglio recusou hoje o novo ministério, dando uma banana pro Temer, voltando pra Câmara e tirando both cadeira and foro privilegiado do Loures. Que por sua vez tá se cagando de medo do Moro e já pensa em delatar. E se delatar, todo mundo sabe que é o fim do Temer. Quer dizer, ou não… ninguém sabe de mais nada.
A última notícia, obviamente, é que o Temer tá desesperado pra achar uma alternativa que mantenha o foro privilegiado do seu ex-assessor-ex-deputado. E as três melhores chances de ele conseguir isso hoje passam por dar ministérios a adversários políticos.
Dito tudo isso eu preciso fazer o seguinte desabafo, pra conseguir dormir: se você tem uma explicação simples pra tudo que tá acontecendo; se acha que tem alguém com total controle coordenando “sucessivos golpes dentro de golpes”; se acha que a Globo, o Moro, a CIA, o capeta traçaram um plano que vai sendo cumprido com sucesso a cada etapa até o momento, por favor: VAI SE TRATAR.
Post scriptum: é bizarro como a gente sabe de tudo isso e trata tudo como.. normal.

*Biólogo e mestre Ecologia, Conservação e Manejo da Vida Silvestre pela UFMG, e que trabalho com políticas públicas ambientais.

Texto originalmente publicado no Facebook e reproduzido aqui com permissão do autor.

Esta entrada foi publicada em Facebook (reprodução), Opinião e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta