Presente e futuro

*Por Luiz Carlos de Oliveira e Silva

1. O depoimento de Lula, ontem, diante do juiz Moro, a meu ver, só piorou as coisas.

2. Não falo da situação de Lula diante das acusações. Falo da cena política.

3. O depoimento de ontem só fez reforçar o ódio dos demonizadores de Lula e a indulgência permissa dos sacralizadores de Lula.

4. A polarização entre o lulismo sacralizador, com a sua negação do espírito republicano, e o antilulismo demonizador, com seu ódio de classe, vem congelando o debate político há anos, contribuindo para a permanência do atual quadro de descrédito na política.

5. O descrédito na política, aqui e alhures, vem sendo um dos principais instrumentos das classes dominantes para a dominação política.

6. Para os interesses dominantes, quanto mais descrédito, melhor, porque o povo fica afastado da política.

7. A continuidade da polarização entre o lulismo sacralizador, e o antilulismo demonizador não só arruina o presente como nos rouba a chance de um futuro melhor.

8. A saída da crise, do ponto de vista dos interesses nacionais, democráticos e populares, me parece, exige a, digamos, “reabilitação” da política.

9. À direita, pelo que foi dito acima, não interessa a “reabilitação” da política…

10. Cabe à esquerda “reabilitá-la”. A meu ver, não será com “sacralizações” indulgentes, com culto à personalidade, com o silêncio quanto aos “maus feitos”, com ausência de autocrítica, que sairemos do buraco no qual nos encontramos.

11. Quanto à audiência de ontem, digo o seguinte:

a) o processo da Lava-Jato vem sendo um jogo de cartas marcadas para condenar Lula e desmoralizar a esquerda.

b) digo ainda que Lula se envolveu em inaceitáveis relações de promiscuidade com empresários e próceres do PT em corrupção.

c) digo ainda que considero ser a promiscuidade a ante-sala da corrupção.

d) por fim digo que cabe à força-tarefa da Lava-Lato provar, o que ainda não fez, a meu ver, que à promiscuidadade de Lula com empresários se sucedeu corrupção.

*Professor de Filosofia, Política e Literatura.

Texto originalmente publicado no Facebook e reproduzido aqui com permissão do autor.

Esta entrada foi publicada em Facebook (reprodução), Opinião e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta